Como retirar, conservar e iscar o corrupto em suas pescarias de Praia




Primo distante do camarão e da lagosta, o corrupto é uma ótima isca na Pesca de Praia. Uma das melhores maneiras para grandes peixes é passar o anzol pela cabeça do corrupto e parte da cauda, sem varar a parte gelatinosa do mesmo. Em seguida, enrole o elástico.





Outro modo é passar o anzol pelo corpo da isca e passar o fio elástico na parte dura do corpo. Amarrado no anzol, é um atrativo para tudo quanto é peixe: camurim, carapeba, robalo, pampo entre outros.




Bomba de Sucção: 
A bomba de sucção para a retirada do corrupto da areia, é construída artesanalmente com peças de PVC como cano de 50 mm, luvas, "T" de 25mm, "T" de redução de 50-25mm, flanges e base de borracha.


Conservando o Corrupto:
As pessoas retiram os corruptos para pescar em um final de semana, e muitas vezes sobram iscas ainda vivas, como a retirada destas iscas só pode ser feita em marés de luas grandes que seria em torno de quinze em quinze dias, se o pescador souber prepara-los terá uma excelente isca para uma semana ou por até um mês, se for bem preparada e acondicionada.

O primeiro passo é feito ainda na praia após término da pescaria, onde devemos coloca-los em água do mar renovada em um recipiente para ser transportado ao local do preparo, reservar e outro recipiente uma quantidade de água do mar para a preparação da solução com sal grosso Já no local onde será preparado, pegar uma garrafa pet de 1,5 litro e colocar 1/4 de sal grosso.

Juntar com a água do mar que ficou em descanso, e agitar a solução até dissolver aquela quantidade de sal. Escorra toda a água do mar do recipiente de corruptos que vieram da praia e coloque com cuidado toda a solução de sal grosso já dissolvido em água do mar neste mesmo recipiente, este cuidado é para não destruir a isca que ainda esta frágil durante o processo.


Deixe os corruptos nesta solução por um período em torno de 2 horas.
Agora prepare uma esponja macia ou papel toalha dobrado algumas vezes, e vá retirando os corruptos da solução e colocando na esponja ou papel para tirar o excesso de água, aí sem o e excesso de água já pode ir colocando nas bandejas ou potes de plástico.

Passe duas a três voltas de filme e PVC.
Estes já estão preparados e devem ir para o freezer para longo período de utilização ou para a geladeira se for usar no dia seguinte.  Na próxima pescaria o corrupto após descongelado perderá água, mas manterá a cor e a consistência de uma isca fresca.

Comentários