APRENDA COMO USAR A ISCA ARTIFICIAL FROG (SAPINHO)







A isca artificial Frog (Sapinho) é muito utilizada na Pesca de Trairás.

Mas também podem ser usadas para a pesca de Black Bass e Tucunarés além de outros predadores.


Para essa pescaria, lembre-se sempre de arremessar o Frog (sapo) sempre bem rente à margem.

Se você lançá-lo para fora da água, não se preocupe a simulação de um anfíbio fugindo ou invadindo o território alheio será melhor ainda e o ataque pode ser certeiro e surpreendente. Lembre se que as Bocudas caçam de tocaia, elas adoram ficar entre galhadas, cantos de rios e lagoas, margens, em baixo de estruturas e vegetação.

Então procure arremessar nestes pontos e não para o meio do rio ou lago. Não que você não possa fisgar uma bocuda arremessando no meio do lago, mas as possibilidades são bem remotas.

Para trabalhar esta isca recolha continuamente, sem se preocupar com a vegetação que está pela frente. Para que a isca trabalhe melhor, deixe a ponta da vara erguida e abaixe conforme ela se aproxima de você. Quando o Frog (sapo) for atacado, espere um pouco para fisgar.
Esse detalhe faz muita diferença, pois é o tempo da traíra acomodar a sua “presa” na boca e assim ser melhor fisgada.



Recomendo que vocês leiam o artigo:

Para pegar mais dicas sobre o tempo da fisgadas e outros macetes
importantes na pesca com Frogs.

Equipamento sugerido para a Pesca de Trairás com Frog: 

Varas a partir de 6´ para linhas de 20 lb
Linha multifilamento de até 20 lb
Empate de aço flexível de até 20 lb ou linha fluocarbono de até 60 lb


Comentários