Os 3 erros mais comuns em nossas pescarias







Existem três erros comuns na pescaria que, mesmo os mais experientes, cometem. È sempre bom lembrarmo-nos deles em nossas pescarias para evita-los a todo custo.

1- AFROUXAR DEMAIS A LINHA NO FINAL DA BRIGA

Depois daquele duro embate, o pescador já está mais preocupado com a foto. Aí, por distração, afrouxa a linha. Automaticamente o anzol ou a garateia acaba “bambeando” na boca do peixe que, num último “gás”, consegue se desvencilhar. É a "água no chopp". Lembre-se de manter sempre a linha tensionada!

2 - DEDO NA CARRETILHA

São horas a fio esperando um ataque. Quando ele se dá, o pescador não se aguenta de ver a linha saindo a toda velocidade da carretilha. Muitas vezes, por instinto, coloca o polegar e impede a saída da linha. Aí costuma acontecer duas situações: ou rompe a linha, ou frita o dedo do sujeito, a ponto de impedi-lo de continuar pescando.

3- NÃO DESCARTAR A LINHA PUÍDA

Muitas vezes o peixão brigou em locais com pedras na profundeza. A linha raspou na estrutura diversas vezes. Não se esqueça de após cada embate verificar o estado do fio. Se ele estiver puído, na próxima ação certamente irá estourar.

Comentários