21 de novembro de 2016

Técnica do rato afogado na pesca de Traíras







Agora com o calor as iscas de superfície fazem a diferença nas pescarias de Traíra.
Entre elas as mais produtivas são os Frogs e os Ratinhos.

Com este calor as trairás ficam atentas a qualquer movimento na água, só de espreita aguardando que um sapinho ou ratinho caia na água para poder abocanhar os mesmos.

Este comportamento é propício para o uso destas iscas anti enrosco.
A forma de trabalhar estas iscas é dando pequenos toques de ponta de vara, com paradinhas e também a patinadinha sobre um mesmo ponto.


Porém, alguns fatores, como a água mais fria, o vento podem fazer com que as trairás não se interessem pelas iscas na superfície. Neste caso a dica é “afogar o rato”.

Você deve encher seu rato ou frog de água, fazendo com que ele afunde, e passe a trabalhar na sub superfície.

Muitas vezes, ao longo das pescarias as mordidas das potentes  mandíbulas das traíras acabam rasgando as iscas. Isso também vai fazê-la naturalmente afundar, e assim sua isca velha pode servir para esse trabalho.

Se a isca for nova é simples, mergulhe e a pressione, encha de água ou coloque um pequeno chumbo na frente da isca.


Trabalhando com a isca na sub superfície principalmente em dias de vento pode salvar a sua pescaria e lhe proporcionar ótimas fisgadas amigos.

Fica a dica amigos espero que vocês possam utilizar esta dica e que ela lhe traga ótimas bocudas amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário