12 de novembro de 2016

Saiba como usar corretamente sua vara de Pesca










Varas de CARBONO e GRAFITE, apesar de mais caras não significa que são mais fortes que outras mais baratas. A virtude das varas fabricadas nesse material é justamente o contrário de força, elas são extremamente leves, possuem uma resposta de fisgadas e arremessos muito mais eficiente.

Acima de tudo é necessário que quando um pescador comprar uma vara de carbono ou grafite esteja disposto a tomar alguns cuidados para que o equipamento não venha a quebrar por USO INDEVIDO.

Varas de FIBRA DE VIDRO são mais resistentes, recomendadas a pescadores iniciantes ou a aqueles que não têm tanto interesse em ficar tomando cuidados excessivos com o material.Apesar de todas as regras citadas abaixo também serem válidas para esse tipo de vara, as chances de acontecer algum tipo de quebra é realmente muito menor.

Como usar o equipamento corretamente:




1. Respeitar as especificações da vara
Na grande maioria das varas vêm especificado na mesma as seguintes informações:

Peso que deve ser arremessado Algumas varas tem esses valores especificados em gramas o que facilita para a maioria dos usuários, porém, algumas estão em onça representada pela sigla (oz.) 3/16 oz = 28÷16 x 3 = 5,25g 1/2oz = 28÷2 x 1 = 14grs Significa que uma vara com as especificações 3/16 - 1/2oz pode arremessar o peso entre e no máximo. CASTING

Exemplo: 
3/16 - 1/2oz.
Como calcular: 1 oz = 28grs (Uma Onça) 5,25 g14 g

LIBRAGEM (peso dos peixes e espessura da linha)
Algumas varas têm esses valores especificados em Kg outras estão em Libras representadas pela sigla (Lb.).

 Exemplo 1: 4,5 Kg.
 Exemplo 2: 7-15 lb.


Como transformar libras em Kg: 
1 kg = 2.20Lb.
15lb. = 15: 2.20 = 6,81Kg.
Significa que os peixes a serem pescados com esse equipamento não devem ultrapassar 6,800Kg e a linha não pode ser mais resistente que 15lb. Ou 6,800Kg.



2. Respeitar a envergadura da vara 
A vara deve sempre ser envergada por igual, evitando que uma parte seja exposta a mais força do que o resto do blank (corpo da vara), nunca deixando que a vara envergue demais, para isso é importante o uso da fricção do molinete ou carretilha.


3. Cuidados no manuseio 
Nunca levantar o peixe com a vara.
Nunca balançar a vara com a linha esticada ou tencionada.
Nunca encostar a ponta da vara na isca quando enroscada.
Não deixar a vara ficar vibrando dando aquelas batidinhas quando o barco está em movimento.Não fisgar o peixe usando força excessiva, é um dos fatores que mais causam quebra de varas. Sempre transportar as varas usando embalagem adequada.
Nunca andar com a ponta da vara voltada para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário