Conheça a Isca Spinner Bait uma das iscas que não pode faltar em sua caixa de tralha amigos




O Spinner Bait é uma isca de fácil trabalho e de excelentes resultados, com certeza é uma das iscas que não podem faltar em sua caixa de iscas, principalmente quando a pescaria for em busca de predadores como a Trairá por exemplo amigos.



Uma das iscas mais versáteis que existe, pois podemos usá-las em várias modalidades e para uma vasta diversidade de peixes, principalmente na pesca da traíra e outros predadores.

Características:
O Spinner Bait é composto por uma, duas ou mais colheres (lâminas) de metal, uma haste em formato de “V” também confeccionada em metal, a cabeça sendo na maioria das vezes de chumbo, anzol e a saia (skirt) de borracha ou silicone.



Função das Lâminas:
As lâminas (colheres), também conhecidas como Blade, tem a função de dar brilho e o movimento para isca, deslocando considerável volume de água quando em movimento. De uma maneira geral, aqui no Brasil, usamos dois modelos com mais frequência, são eles:





Colorado: 
Apresenta o formato de gota, sendo este o primeiro modelo criado para compor esta isca. Ideal para ser usado em águas mais turvas e em estruturas mais fechadas, pois devido ao seu formato desloca mais água produzindo maior vibração o que facilita com que o peixe a localize. Justamente por “arrastar” mais água este modelo de lâmina tem a característica de ter um deslocamento mais lento.




Willow leaf: 
Possui o formato de uma folha. Com as extremidades mais pontiagudas e o corpo mais comprido e estreito este modelo tem uma melhor hidrodinâmica, cortando melhor a coluna d’água e girando mais rapidamente. Por cortar menos água este modelo é ideal para ser usado em águas mais limpas e em condições em que o peixe se encontra mais ativo.



Além do formato outro fator que influencia na produtividade da Spinner Bait é a espessura do metal usado para fabricar as lâminas.

As confeccionadas com chapa mais grossa, obviamente, são mais pesadas e produzem maior vibração. Esta versão é ideal para ser usada com as técnicas Slow Rolling (recolhimento lento do spinners passando por dentro da estrutura) e Burning (recolhimento rápido da isca passando paralelamente a estrutura).

As lâminas produzidas com chapas mais finas são mais leves e possuem menor inércia, criando uma vibração mais sutil e natural. Ideal para técnicas como o Free Falling (parada brusca no recolhimento do Spinner, permitindo que a isca afunde verticalmente com os blades girando).



Qual a cor mais indicada para a lâmina?
As cores fabricadas com mais frequência são a dourada e a cromada, mas as coloridas, que saem deste padrão, também têm sua hora e lugar. Abaixo seguem dois exemplos de combinações entre condições de pescaria e cor a ser usada:

Água limpa, sol e vento: Cor cromada. Nas condições citadas esta cor funcionará como um difusor da luz solar, quebrando o espelho d’água e fazendo com que o brilho dos Blades disperse em várias direções, atraindo a atenção dos predadores a grande distância.

Água limpa e céu nublado: Colorida (especialmente amarelo limão e branca). Com menor incidência de luz os blades coloridos são mais evidentes atraindo assim os predadores.

Cabeça da isca, qual o melhor formato?
As cabeças arredondadas são ideais para o uso em pauleiras, porque conseguem contornar de forma mais natural as estruturas sem inclinar ou permitir que a isca vire e enrosque.

As mais achatadas são indicadas para o uso em estruturas de vegetação como capinzeiros, porque conseguem passar melhor pelos talos e folhas sem enroscar, permitindo que a isca saia limpa das estruturas sem comprometer seu trabalho e eficiência.


Modo de Trabalho:
Seu trabalho não depende de toques de ponta de vara, mas sim da velocidade de recolhimento empregada na mesma que deve ser continuo e lento. Os arremessos devem ser sempre próximo de estruturas como galhadas por exemplo.

Materiais Indicados:
Vara de ação rápida, que permite maior velocidade, 6 pés, de 17 a 20 libras.
Linha de multifilamento devido a pouca elasticidade, de 17 libras.
Leader de fluorcarbono de 0,35 mm de até 2 metros, por ser mais resistente a abrasão.
Carretilha de perfil baixo, por dar mais conforto e precisão no arremesso ou Molinete classe 2000 é uma boa escolha também.

Comentários