22 de outubro de 2016

Transporte de pescados pode ficar proibido no MT







O transporte do pescado pode ficar proibido em Mato Grosso.

Durante uma reunião do Conselho Estadual de Pesca (Cepesca), na manhã desta sexta-feira, 21, foi formado um grupo técnico de conselheiros para estudar a proposta.

No dia 6 de dezembro haverá uma nova reunião, a qual pode determinar a medida já para próxima temporada de pesca em 2017. Isso implica que turistas não poderão levar os peixes abatidos para suas cidades de origem, ainda que respeitem a cota de 10 kg mais um exemplar.


Além da proibição do transporte, foi proposta a prorrogação da proteção total do dourado e da piraíba, espécies protagonistas do turismo no Estado. Ambos estão protegidos desde 2013, mas a medida expira este ano.

Já os representantes da pesca profissional pediram a revogação do período de defeso a proibição da pesca por conta da reprodução dos peixes que a partir desde ano passou a valer de outubro a 31 de janeiro no Estado.


Vale lembrar que foi cogitada uma piracema de seis meses em Mato Grosso, mas, depois de muita pressão, o Governo cedeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário