Dono de lava jato é preso por vender Dourados em Várzea Grande (MT)






Espécie é protegida por lei e desde o dia 1º a pesca está proibida no Estado por conta da piracema;

Empresário leva multa de R$ 2.180 mil O dono de um lava jato em Várzea Grande (MT) acabou multado em R$ 2.180 mil por armazenar e vender dourados, espécie protegida por lei no Mato Grosso.

A Polícia Ambiental chegou até o local graças a uma denúncia anônima.
Segundo a tenente Gislaine, da PMA, durante a vistoria, um rapaz chegou e foi flagrado com porte irregular de arma. Ele se identificou como irmão do dono do lava jato. Ambos foram levados à delegacia.



No lava jato foram encontrados quatro exemplares de dourados, totalizando 12 kg, além de diversas tralhas de pesca. Todo o material foi apreendido.

Um indivíduo também acabou flagrado comprando os dourados, já devidamente empacotados. Ele acabou multado em R$ 860. Vale destacar que a pesca está proibida nos rios do estado desde o começo de outubro. A proibição vai até 31 de janeiro.


Comentários