Vara de pesca longa ou vara de pesca curta, saiba como escolher ?


Muitos amigos me perguntam:Qual a diferença em pescar com uma vara de 1.60mt ou uma vara de 1.83mt, vara de pescar curta ou longa como escolher ?

Bom amigos basicamente o que muda é o arremesso.
Quanto maior a vara maior será a distancia do arremesso. Por isto usar uma vara de 1.83mt pode ser uma ótima pedida.


As varas de 1.60 mt são muito boas quando pescamos de caiaque, por exemplo, mas claro que podem sim ser usadas em pescarias embarcadas ou de barranco, mas quanto maior a vara maior será a distancia do arremesso. Além disto o comprimento das varas de pesca está diretamente relacionado com uma série de fatores:

Deve-se ter em mente que o comprimento influenciará a amplitude dos movimentos da ponta de vara. Ou seja, quanto mais longa, maior será seu efeito sobre o trabalho de uma isca artificial ou a execução de uma fisgada.

Arremessos:
 
Quando se necessita de arremessos mais longos a vara tem que ir aumentando o seu tamanho de acordo com a pescaria.

Quanto mais longo o arremesso, maior o comprimento da vara.
Quanto mais longa a vara, maior sua capacidade de arremessar a grandes distâncias. Inversamente, as mais curtas perdem em distância, mas, por outro lado, ganham em precisão. Porém, no arremesso fatores como ações da vara, pesos das iscas, espessuras das linhas e qualidade da carretilha podem influenciar

Eu particularmente gosto de usar varas de 1.83mt nas pescarias, para dar arremessos mais longos com mais facilidade, e também por ser um comprimento de vara que fica bem equilibrado na mão, permitindo arremessos longos com uma só mão. Principalmente quando se está pescando fora do barco, nas margens ou caminhando dentro da água a vara de 1.83mt facilita muito a vida do pescador.

Na biga e na Fisgada: 

Quanto maior a vara, maior é a alavanca exercida na linha, portanto uma fisgada mais firme é uma necessidade na pescaria. Com as linhas multi esta fisgada ficou ainda mais potente.

Uma das funções da vara é amortecer a pressão que o peixe exerce ao puxar a linha, cansanduo o peixe mais rapidamente.

Quanto mais longa ela for, maior será sua capacidade de absorção da pressão e de controle sobre o peixe, permitindo “manobrá-lo” e, muitas vezes, evitar sua corrida rumo a uma estrutura que permita sua fuga.

Lembre-se, porém, que a vara tem igual capacidade de cansar as mãos do pescador durante uma briga longa, em função do efeito de alavanca, neste caso, modelos mais curtos causarão menos desgastes.



Manobras no recolhimento:


Quando se está pescando dentro da água muitas vezes temos que ajustar o recolhimento da isca desviando de obstáculos como pedras, etc.

Afastar a isca do pescador pode ser útil mesmo em pescarias que não exigem arremessos, como a de tilápias no barranco ou de rodada. Neste caso uma vara de 1.83m não só ajuda bastante, como praticamente é uma necessidade para se correr menos riscos com a linha nos obstáculos.

O grande problema das varas mais curtas é o casting que costuma ser baixo, lembro que nem sempre o que está gravado corresponde à especificação correta da vara, vide exemplo das já conhecidas Kenzaki.

Vou citar uma frase adaptada (modificada) do nosso grande amigo William.
Ops, William Shakespeare !

"To have or not to have, that's the question !" traduzindo "Ter ou não ter, eis a questão !

O importante é saber qual o tipo de pescaria você vai fazer.
Uma vara curta de 1,63mt pode ser uma ótima pedida quando praticamos aquela pescaria embarcado em um caiaque, ou em pontos de pesca onde a muita vegetação que possa atrapalhar no arremesso e precisamos de maior precisão no arremesso.

As varas maiores como a de 1,83mt são ótimas varas para pescarias que alem da precisão você precisa de distancia. O ideal é você ter em tralha pelo menos uma de cada amigos. E utiliza-las conforme a pescaria que você for praticar.

Fica aqui mais uma dica, peço que deixem seus comentários a baixo, se inscrevam em nosso Canal no YouTube e curtam a nossa Pagina no Facebook amigos.


Comentários