Dicas para a pesca do lambari




Hoje vamos falar de um dos peixes mais encontrados em todas as regiões do País e creio que muitos de nós já tivemos como primeira experiência a pesca deste peixinho o “danado de esperto”, O ladrãozinho de iscas chamado Lambari. Pra quem acha que pescar lambari não é emocionante não sabe o que esta perdendo amigos.

Particularmente sou um pescador que adora pescar lambaris e às vezes costumo viajar vários Km atrás deste peixinho gostoso de fisgar e delicioso de se comer.

Adoro pescar lambaris com uma tralha bem light, e uma linha bem fina, pois a emoção da fisgada é muito boa. Aconselho a pesca de lambari a todos vocês meus amigos, principalmente para quem ainda não fisgou um lambari.

Até para os lambaris é preciso conhecer algumas dicas e macetes, e vou tentar passar para vocês aqui neste artigo, algumas destas dicas e macetes que utilizo em minhas pescarias em busca do danado de esperto lambari.

O lambari é um dos peixes mais encontrados em todas as regiões do País, algumas espécies, podem atingir tamanhos que passam de 10 cm, é o chamado Tambiú, porem a preferência de muitos pescadores é fisgar aquele lambari de rabo vermelho.

Já que esta espécie é mais frequente e presente em pequenos córregos ou lagoas na maior parte do país.



Bom amigos vamos ao que interessa, montar uma boa tralha para a pesca dos lambaris e aprender algumas dicas e macetes para aumentar as fisgadas na pescaria deste peixinho.

Vara:
O ideal é você ter três tamanhos de vara para pescar lambaris, uma curta até 3,60 MT, uma média de 3,60 até 4,60 MT e uma longa 4,60 MT ou maior. Você vai usar aquela que for mais indicada para o local e circunstâncias da pescaria.

Quanto ao peso, quanto mais leve, melhor. As boas varas, de tamanho longo, feitas de 100% carbono, pesam menos de 110 gramas. Porem você pode optar por varas de material misto carbono + fibra de vidro, pesam um pouco mais, porem saem mais em conta.

Linhas:
A linha para pescar lambari deve ser monofilamento, fina 0.12 a 0.20, de preferência incolor. Ela pode ser até uns 50 centímetros maior que o tamanho da vara.

Cada pescador se adapta a uma marca e espessura. Quanto mais fina a linha, mais discreta ela é. Dependendo do dia e das circunstanciais, a linha grossa acaba afastando os lambaris.

As linhas mais finas proporcionam uma briga maior com o peixe, porem, arrebentam mais facilmente em caso de enrosco ou ate mesmo nos arremessos nos dias com vento. Assim sendo a dica é colocar a linha mais grosa da ponta da vara ate o cabo da vara, amarrar um girador na ponta da linha, e outro pedaço de mais ou menos 50 centímetros de linha mais fina, na outra ponta do girador.

Alguns pescadores gostam de usar linha 0.20 até um girador e usar uma ponteira com linha 0.12. Isso faz com que a linhada fique mais resistente, e a linha 0.12 no final é fina suficiente para passar despercebida pelo lambari e aumentar suas fisgadas. Usar somente linha 0.12 não é aconselhável, por dois motivos: Não é muito resistente, e embola muito fácil.



Boias:
Para pesca de lambaris as boias dever ser as menores possíveis.

Temos as boias feitas de isopor, e as tradicionais peninhas que podem ser de plástico ou de madeira.
Cada fabricante tem um numero diferente para as suas boias, por isto não vou especificar o numero ideal, mas basta você escolher as boinhas de isopor bem pequenas assim como as penas.

A dica para as boias é com relação aos dias com vento, recomendado usar peninhas de madeira, pois elas são presas nas duas extremidades e facilitam o arremesso. Em dias sem vento ou com uma leve brisa, aconselho as Boinhas de isopor, ou pena tipo palito, aquelas colocadas externamente, que ficam presas numa borrachinha que corre na linha.

As de isopor flutuam mais fácil, em seguida as de plástico e por fim as de madeira.
Isso significa que as boias de madeira afundam com mais facilidade, não sustentam tanto peso quanto as de plástico e isopor.

Chumbo:



Os chumbos podem ser de dois tipos, de buraco ou de fenda. Quanto ao formato, há dois tipos o ervilha e o arroz. Os de buraco são mais fáceis de colocar a linha, e os de fenda exigem certa habilidade manual, tendo em vista que o diâmetro do furo é bem pequeno.

Tenha sempre 3 tamanhos de chumbo, pequeno, médio e grande em sua caixa de chumbos. Na pescaria em águas profundas, use boia média, linha fina e chumbo mais pesado, isso faz com que a isca chegue ao fundo com maior rapidez e a linha fique mais esticada dentro da água.

O chumbo deve ficar mais ou menos 15 cm acima do anzol, para ficar discreto e não afugentar os peixes. Se você coloca-lo muito próximo ao anzol, pode espantar o lambari, pois ele desconfia de tudo. O anzol para lambari deve ser pequeno, do tamanho aproximado de um grão e meio de arroz.

Existe uma variedade de marcas e tamanho no mercado, os mais indicados são do número 16 ao 10.
Portanto, é bom ter um pouco de cada número, para você poder adequar o tamanho dos anzóis, ao tamanho dos peixes no local e é claro, para reposição caso venha perder a linha ou o anzol etc..




O erro mais comum que vejo em minhas pescarias de lambari é o uso de anzol muito grande.
Já vi parceiros pescando lambari com anzol de pescar tilápia.

Muitos preferem o anzol mosquitinho é um anzol bem pequeno, o único problema deste anzol é que por ser tão pequeno às vezes acaba saindo da boca do peixe sem ter fisgado o mesmo. Por isto particularmente gosto e recomendo aos amigos o Mustad 14. Que é um ótimo anzol de tamanho excelente para fisgar os pequenos lambaris.

Alguns parceiros preferem pescar com até três anzóis na mesma linha, achando que pegarão mais peixes, nem sempre, pois há de se levar em conta o tempo que se perde, não só para retirar o peixe fisgado, mas como a reposição de iscas.

Sem falar que depois que você acerta a altura da boia, você não vence tirar peixes do anzol e colocar isca no mesmo. Seja ela sagu, Bichinho do pão, minhoca, ou massinhas.

Ceva
Ter uma ceva para cevar o local que você ira pescar é importantíssimo na pesca deste peixe, normalmente uso quirera grossa de milho, porem, deve ser lançado aos poucos no ponto de pesca, pois o excesso fará com que os lambaris comam as cevas e rejeitem as iscas.

Iscas:
 

Você pode usar vários tipos de iscas para a pesca deste peixinho, mas as incas mais utilizadas são: Bichinho do pão (tenébrio), minhoca, massinhas, macarrão, ovo de formiga e a própria formiga capetinha, larvas de moscas, bichinho da laranja, e o tradicional sagu.

De todas elas, as mais produtivas são as iscas vivas, os lambaris são mais atraídos por elas.

Em segundo lugar gosto muito do sagu, sempre que cozinho procuro fazer duas cores diferentes, pois se a água estiver clara e limpa um sagu amarelo será ótimo para fisgar os lambaris, e se a água estivar mais escura devido a chuvas o vermelho será mais visível para os lambaris facilitando assim a pegada dos mesmos.

É muito importante lembrar que na hora de cozinhar o sagu, não devemos passar do ponto. Para não ficar difícil de iscar o sagu no anzol, para que o sagu não caia fácil do anzol, e por que ele tem que ficar parecido com um ovo de peixe, transparente com uma bolinha branca bem no meio, Imitando os ovos de larvas e peixes.

Demais acessórios que devemos ter em nossas pescarias amigos. 

Saburá

Quanto maior no comprimento melhor, pois ele ficará sempre dentro da agua no pesqueiro mantendo os peixes vivos por mais tempo.

Existem nas lojas de pesca uns bem compridos, estes são excelentes para quem pretende trazer uma fritada de lambaris para casa. Pois a boca do Sabura ficara bem em cima no barranco e o fundo dele bem dentro da água. Mantendo assim os lambaris vivos e frescos e facilitando ao pescador colocar o peixinho dentro do Sabura.

De tudo o que foi dito, o mais importante é encontrar a profundidade que os peixes estão mais ativos e esta varia de acordo com as horas. Bom amigos acredito que com estas dicas vocês poderão aumentar suas fisgadas na pesca do famoso lambari.

Pescaria de Lambari em Dourado -MS


Comentários

  1. Obrigado, pelas dicas achei muito interessante, se possível vcs poderiam postar alguns lugares onde pescar o lambaris de rabo vermelho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos que agradecemos pela sua participação amigo

      Excluir
  2. Parabens. show de informações. tbm sou fã desse peixinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado amigo, que bom que esteja gostando

      Excluir
  3. E bom amigo eu queria dicas para pegar traira mas foi muito bom a dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos varias dicas para a pesca de Traira em nosso Blogger amigo, de uma olhada neste link a baixo:
      http://www.pescadoresdeplantao.com/2016/02/como-pescar-trairas-nas-lagoas.html

      Excluir
  4. Ótimas dicas!vou colocas em prática esse final de semana! Valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tenha gostado amigo, fico contente parceiro

      Excluir
  5. Parabéns pelas dicas,o lambári realmente é gostoso mesmo, outra dica para pescar lamparina e somente linha 0,20 e anzol,porém sem chumbo, na hora que a isca bate na superfície da água o lampari já morde e sai em disparada, daí é só fisgar,se estiver ventando compensa colocar um chumbinho bem pequeno, valeu Boa pescaria.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, adoro pescar lambaris, sempre arremesso a carretilha e levo minha tradicional varinha de bambu pra brincar com os pequenos.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, adoro pescar lambaris, sempre arremesso a carretilha e levo minha tradicional varinha de bambu pra brincar com os pequenos.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Aqui em Curotiba no inverno o melhor lugar é no Capivari, já estão começando a aparecer os rabos vermelhos grandes

    ResponderExcluir
  9. ola amigos sou de Sertanópolis no paraná estou começando agora na pescaria aqui temos o rio Tibagi quero saber se é bom pesca com o rio cheio aqui esta chovendo muito obrigado

    ResponderExcluir
  10. Eu já pesquei com missanga (aquelas usadas para fazer colar de bijuteria) amarela.....coloquei tres anzois na linha...jogava quirela de milho e jogava a linha....as vezes vinhas 3 lambaris por de uma vez...muito bom, fritinho e uma boa pinga...

    ResponderExcluir
  11. Bacana as dicas irei usar algumas nas minhas pescas, pra depois pegar as traíras hehehe abç vlw

    ResponderExcluir
  12. Show de bola as dicas, eu sou novato na matéria de iscas, esse sagu é aquele que se compra no Mercado?

    ResponderExcluir
  13. Show de bola as dicas, eu sou novato na matéria de iscas, esse sagu é aquele que se compra no Mercado?

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelas informações, claras e objetivas, nada de encher linguiça. Você tem toda razão, o lambari é esperto até demais pelo seu tamanho, ligeiro, mas quando se consegue fisgar uma que tenha " muita pressa ", fica sensacional a fisgada, pois leva seu anzol para as profundidades de onde está pescando e rapidamente.

    ResponderExcluir
  15. Artigo top, parabéns amigo continue assim sempre com dicas top, valeu

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito Obrigado por você estar acompanhando o nosso site amigo. Aproveito para convida-lo a se inscrever em nosso canal no YouTube e peço que clique nos anúncios que aparecem aqui em nosso site. Assim você esta nos ajudando a manter o mesmo com ótimas dicas. Muito Obrigado amigo.