Como escolher o anzol correto para sua Pescaria ?









Aprenda neste artigo como escolher o anzol correto para cada pescaria. 


O anzol parece um acessório da Tralha de pesca que o Pescador não precisa se preocupar. Mas na verdade ele é decisivo para uma boa fisgada. E se não for bem escolhido pode fazer muita diferença em suas pescarias.

Para ser considerado um ótimo anzol, ele deve ter algumas características, tais como ponta aguçada, ser muito penetrante
(que fisga fácil), ter capacidade de reter o peixe fisgado, resistência e durabilidade. 

Como se trata de qualidades difíceis de encontrar em um único anzol, na prática devemos procurar priorizar uma ou outra destas características conforme o tipo de Pescaria que você esteja praticando, pesca leve ou pesada.

Ou seja, a qualidades do anzol muda em função do tipo de pesca que você esta praticando no momento. 

Na pesca de peixes de grande porte, deve se dar prioridade à resistência, enquanto na pesca de peixes pequenos o mais importante é que o anzol seja “matador”, isto é, que fisgue facilmente o peixe.

Para saber o tamanho adequado dos anzóis que deve se usar em cada pescaria, é importante ter em mente as espécies que se deseja capturar. 
Também é bom conhecer um pouco sobre estes peixes, como por exemplo saber o tamanho e os hábitos alimentares. 

Com um anzol muito grande, dificilmente os peixes conseguirão acomodá-lo na boca e, dependendo da espécie, será impossível capturá-la. 
Por outro lado, anzóis pequenos causam muitos estragos no peixe, pois eles o podem engolir e machucar órgãos internos. 

Espessura 
A espessura está diretamente relacionada à resistência do anzol. Os anzóis finos são ótimos para pesca de peixes com a boca frágil, como carpas, ou com os lábios grossos. Os anzóis finos penetram mais e proporcionam uma melhor fisgada, além de machucarem menos os peixes.

Fisga 
Mantendo a fisga sempre afiada, você terá maior eficiência no ato de fisgar o exemplar, além de você poder usar linhas mais finas, tornando sua pescaria mais esportiva e emocionante. 

Cor
Embora este item não seja tão relevante, deve ser levado em conta como um fator que pode interferir na quantidade dos ataques. Às vezes, ouve-se falar que a pessoa jogou só a linha e o anzol sem isca na água e capturou um peixe. Isto pode acontecer devido à cor, podendo o anzol ter sido um atrativo para o peixe. Lembre-se: nem sempre a cor está ligada à qualidade do anzol. 

Conservação 
Outro detalhe que merece atenção e que é o mais desprezado é a conservação dos anzóis. É comum vermos pescadores usando anzóis enferrujados, com uma péssima conservação. 
Pescar com anzóis assim é muito arriscado, porque, no momento da fisgada, se for um exemplar de bom tamanho, o anzol pode quebrar. Anzóis assim  também é um grande perigo para o próprio pescador,  pois se o mesmo se fisgar ou fisgar um parceiro de pesca, pode ter uma grande chance de adquirir uma infecção, como o tétano.
Veja a baixo mais algumas informações preciosas sobre os anzóis.
Se gostarem deste artigo peço aos amigos que compartilhem com seus amigos em suas redes sociais e se possível sigam o nosso Blogger.


























Comentários

Postar um comentário

Muito Obrigado por você estar acompanhando o nosso site amigo. Aproveito para convida-lo a se inscrever em nosso canal no YouTube e peço que clique nos anúncios que aparecem aqui em nosso site. Assim você esta nos ajudando a manter o mesmo com ótimas dicas. Muito Obrigado amigo.